Blog

O que é WWW?



Você sabe o que significa WWW? É a sigla para World Wide Web, que quer dizer Rede de Alcance Mundial
 
O WWW é um sistema de documentos em hipermídia, ou seja, diversas mídias são interligadas por sistemas eletrônicos de comunicação, possibilitando o acesso a quaisquer informações em forma de hipertexto na Internet. A World Wide Web tem sua tradução literal em “Teia do Tamanho do Mundo”, uma alusão a imensa capacidade da Internet em conectar o mundo sem nenhuma barreira. Este sistema funciona sobre a Internet e a visualização da informação, bem como a navegação, é feita através de uma aplicação específica, o navegador.
 
 
A World Wide Web surgiu em 1989, e foi desenvolvida pelo físico inglês Tim Berners-Lee, que utilizou um computador NeXTcube (sim, o do Steve Jobs fora da Apple) como primeiro servidor web e para escrever o primeiro navegador, em 1990. A intenção era de que o WWW fosse um integrador de informações, permitindo que as informações pudessem ser acessadas de maneira simplificada e consistente, em diferentes plataformas
 
O hipertexto é o formato padrão das informações no WWW porque permite a interligação entre diversos documentos, que podem estar localizados em diferentes servidores em qualquer parte do mundo. O hipertexto é codificado com a linguagem HTML, que conta com uma gama de marcas de codificação interpretadas pelos clientes WWW em diferentes plataformas.
 
A troca de informações no WWW se dá através do HTTP, um protocolo de nível de aplicação com capacidade e objetividade para suportar sistemas de informação distribuídos, cooperativos e de hipermídia
 
 
Voltando no tempo, a ideia de uma rede de computadores que pudessem trocar informações surgiu no Advanced Research Projects Agency (ARPA) do Departamento de Defesa dos EUA. Havia uma necessidade: garantir a segurança das informações do país caso um ataque acontecesse. Isso porque eram constantes as ameaças de uma nova guerra mundial, que iniciaria com Estados Unidos e União Soviética.
 
 
Naquela época, na década de 60, já era claro aos governos: tecnologias e meios de comunicação seriam a chave para a dominação econômica e política em um futuro próximo. Eis que a ARPA cria a ARPANET, uma rede que ligava computadores do governo norte americano com intuito de proteger as informações importantes caso houvesse um ataque russo.