Blog

10 dicas do Facebook para identificar notícias falsas


Não é de hoje que notícias falsas se espalham pela internet, gerando conflitos e desinformação. Apesar do assunto não ser novidade, é inegável o crescimento no volume de fake news que vivemos atualmente.


Para driblar a disseminação de conteúdos falsos, o Facebook elaborou uma série de dicas para orientar os usuários e minimizar o compartilhamento de fake news. As dicas foram elaboradas pelo Facebook em parceria com a First Draft, organização que oferece orientação sobre como encontrar, verificar e publicar conteúdo verossímil na internet.


Confira as 10 dicas do Facebook para identificar notícias falsas:
 


1. Seja cético com as manchetes


Notícias falsas frequentemente trazem manchetes apelativas em letras maiúsculas e com pontos de exclamação. Desconfie de frases com alegações chocantes, promessas milagrosas e que parecem inacreditáveis. Sempre leia o texto da notícia para conferir se o conteúdo embasa o título usado na chamada.
 


2. Olhe atentamente para a URL


Atenção à URL (endereço www): se for semelhante a sites conhecidos, este pode ser um sinal de alerta para notícias falsas. Muitos sites de fake news copiam veículos de imprensa autênticos, fazendo pequenas mudanças na URL. Na dúvida, acesse os dois sites e compare o endereço com o site oficial.



3. Investigue a fonte da notícia


Certifique-se de que a reportagem tenha sido escrita por uma fonte confiável e de boa reputação. Se a história for contada por uma organização desconhecida, leia a seção “Sobre” do site para saber mais sobre ela. Pesquisar a fonte no Google e redes sociais também é uma forma simples de obter mais informações.



4. Fique atento com formatações incomuns


Muitos sites de notícias falsas contêm erros ortográficos ou layouts estranhos. Tenha cuidado se perceber esses sinais. Também é comum o uso de textos traduzidos literalmente de outro idioma, apresentando erros de concordância e dificuldade para interpretar seu sentido.



5. Atenção às imagens da notícia


Notícias falsas frequentemente contêm fotos ou vídeos manipulados. Algumas vezes, a imagem pode ser autêntica, mas foi retirada do contexto. Você pode pesquisar pela foto ou imagem para verificar de onde ela veio. Também é comum o uso de imagens apelativas e sensacionalistas.
 


6. Confira as datas


Notícias falsas podem conter datas que não fazem sentido ou até mesmo datas que tenham sido alteradas. É comum as mesmas notícias falsas circularem por anos na internet, sendo replicadas de maneira oportunista.
 


7. Confirmar as evidências


Verifique as fontes do autor da reportagem para confirmar que são confiáveis. Falta de evidências sobre os fatos ou menção a especialistas desconhecidos pode ser uma indicação de notícias falsas.
 


8. Buscar outras reportagens


Se nenhum outro veículo na imprensa tiver publicado uma reportagem sobre o mesmo assunto, isso pode ser um indicativo de que a história é falsa. Se a história for publicada por vários veículos confiáveis na imprensa, é mais provável que seja verdadeira.
 


9. A história é uma farsa ou uma brincadeira?


Algumas vezes, as notícias falsas podem ser difíceis de distinguir de um conteúdo de humor ou sátira. Verifique se a fonte é conhecida por paródias e se os detalhes da história e o tom sugerem que pode ser apenas uma brincadeira.
 


10. Algumas histórias são intencionalmente falsas


Pense de forma crítica sobre as histórias lidas e compartilhe apenas as notícias que você sabe que são verossímeis.

 

Avance Digital Consultoria Digital e Desenvolvimento Web Voltar

Precisa E-commerce?

Loja Virtual completa com layout exclusivo, plataforma própria, customizada de acordo com a sua necessidade.
Chegou a hora de alavancar suas vendas!

Saber mais
Avance Digital Consultoria Digital e Desenvolvimento Web